Maranhão de Reencontros realiza 4ª edição e lota novamente a Concha Acústica

25/05/2022

O saudoso público maranhense abraçou de vez as prévias juninas que têm sido realizadas aos domingos na Concha Acústica Reynaldo Faray, na Lagoa da Jansen. Novamente a chuva que caiu em São Luís não foi empecilho para que o Maranhão de Reencontros fosse prestigiado com muito clamor.  

A 4ª edição recebeu o Boi Novilho Branco, o cantor Roberto Ricci e o Boi de Santa Fé.    

 

Sempre presente e acompanhando todos os detalhes do evento, o secretário de Estado da Cultura, Paulo Victor, adiantou como será a próxima edição.  

 

"Já passaram aqui mais de 25 atrações. O último fim de semana será o próximo, aí começa o nosso São João. No sábado será um dia reservado para uma programação evangélica. O Maranhão de Reencontros é isso, é um esquenta para o maior São João do Brasil" 

 

 

 

Última edição e cortejo  

 

Como disse o secretário, no próximo domingo (29) será a última edição, quando já terá iniciada a programação oficial do festejo junino, um dia antes. Também no sábado (28) haverá um Maranhão de Reencontros especial, destinado ao público evangélico. Na sexta-feira (27) acontece a abertura do maior São João do Brasil, com um cortejo pelo Centro Histórico da capital maranhense. A concentração será na Praça do Pantheon, às 14h.  

 

Às 16h, grupos de vários artistas percorrerão a Rua de Santaninha, rua Grande (Oswaldo Cruz), rua Afonso Pena, avenida Dom Pedro II, Rua da Estrela, rua Portugal, avenida Senador Vitorino Freire, com destino à Praça da Fé, onde haverá uma vasta programação cultural com os bois de Upaon Açu; de Leonardo; de Axixá; de Santa Fé; da Madre Deus; da Fé em Deus; Brilho da Ilha; Novilho Branco; Meu Tamarineiro; de Pindaré; de Nina Rodrigues; da Floresta; de Maracanã; da Juventude (Miranda do Norte); Afrôs; e Companhia Barrica do Maranhão.