Nosso Centro: revitalização, ocupação e preservação da capital patrimônio de todos os maranhenses

O programa Nosso Centro foi criado com vistas a ocupar o Centro Histórico de forma sustentável, de modo que nós possamos ter habitação, órgãos públicos, comércio, gastronomia, tecnologia, empresas, todos trabalhando naquela região para movimentar a economia, de modo que o patrimônio histórico e cultural daquela região seja ainda mais preservado por meio da ocupação.

2020 foi um ano muito complicado para todos os setores da economia brasileira, não diferente para o setor público, mas, ainda assim, o Governo do Estado do Maranhão fez grandes investimentos na região central de São Luís, por meio do programa Nosso Centro, com muitas ações que valorizaram ainda mais aquela região e movimentaram a economia nessa época.

Secretário Anderson Lindoso e equipe técnica da Secma vistoriam casarões beneficiados com o projeto Cores da Cidade, ação que integra o conjunto de ações do Nosso Centro

Entre as inaugurações, destaco a entrega da obra de revitalização da antiga estação ferroviária da REFFSA. Com investimento total de R$ 7,5 milhões, a edificação foi completamente restaurada e agora abriga o primeiro Museu Ferroviário e Portuário do Maranhão, iluminação especial, além de contar com a Locomotiva Hub, moderno espaço de inovação e fomento a projetos acadêmicos gerido pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).    

Foi também em 2020, por meio do programa Nosso Centro, que entregamos a obra de restauro do Museu Cafua das Mercês, um dos poucos prédios das Américas onde funcionaram mercados de negros, que permanecem com a estrutura intacta até os dias atuais.

No ano passado também tivemos a reinauguração do Teatro João do Vale, após ampla reforma. A casa de espetáculos recebeu modernização em toda a estrutura, ganhando conforto, espaços readequados, vestiários, melhorias nos camarins, nova iluminação, revestimento acústico, novas cortinas e carpetes, além de sistema de acessibilidade e de combate a incêndios.

No final do problemático ano de 2020, com investimentos do programa Nosso Centro e ação coordenada envolvendo a atuação de várias secretarias de Estado, o Governo do Maranhão entregou o novíssimo Parque São João Paulo II, localizado no Aterro do Bacanga, no mesmo espaço onde o santo papa Karol Wojtyła celebrou missa campal para uma multidão no ano de 1991. O novo parque da cidade ocupa área de 64 mil metros quadrados, e dispõe de vários equipamentos abertos ao público, como praças, jardins, playground, praça da alimentação, campo de futebol e local para feiras e eventos.

Ainda no final de 2020, a Secma entregou a obra de recuperação da fachada do Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão, localizado na Rua do Giz. Reformado com recursos do Nosso Centro, o espaço dispõe de acervo único, incluindo bens arqueológicos, paleontológicos e artefatos que remetem à cultura tradicional dos povos indígenas maranhenses.

O ano de 2021 já começou com ações intensas do Nosso Centro. São ações que perdurarão durante todo o ano e que com certeza trarão maior ocupação desse espaço, com consequente maior preservação e uma revitalização completa e verdadeira de um local tão importante, um verdadeiro museu a céu aberto existente na nossa capital, a capital de todos os maranhenses.

Anderson Lindoso, advogado e secretário de Estado da Cultura do Maranhão 

Contatos

contatos

(98) 98576-5783 (Whatsapp)
Email: ascomculturama@gmail.com

Links Úteis
Localização

localização