Programação virtual do Governo do Estado marca temporada junina

Com a pandemia do novo coronavírus, eventos que atraem grande público estão suspensos para evitar aglomerações. Por isso, o tradicional São João do Maranhão, uma das festas populares mais conhecidas e animadas do país, não será como os anteriores. Este ano, os arraiais espalhados pela cidade dão lugar a uma vasta programação virtual organizada pelo Governo do Estado. A agenda estará disponível no site da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), no https://cultura.ma.gov.br/, a partir desta sexta-feira (19), às 19 horas. 

Reverenciar o São João, o bumba meu boi e todo o folclore maranhense é fundamental para se construir e transmitir a história, pontua o titular da Secma, Anderson Lindoso. “Mais do que nunca, precisamos manter vivo, preservar e valorizar esse imenso bem cultural que é o bumba meu boi. Preparamos uma agenda especial, incluindo uma websérie, que vai somar na disseminação desse saber, garantindo o direito à memória para as novas gerações, sem deixar de festejar essa grande festa popular, que este ano, precisou ser modificada por conta da pandemia”, explica Anderson Lindoso.

A minissérie ‘Bumba Meu Maranhão – Patrimônio da Alegria’, será exibida semanalmente, em sete capítulos, de cerca de 10 minutos aproximadamente, e vai abordar diversos aspectos da brincadeira folclórica e do período junino maranhense. “A exposição de vídeos vai contar um pouco da história do bumba meu boi e da nossa festa junina”, reforça Lindoso. Em cada episódio, um tema específico destacando particularidades da festa. 

O titular da Secma reforça que o São João do Maranhão une todos culturalmente. “Este ano, infelizmente, não teremos a celebração nos arraiais a céu aberto. Um ano atípico em que é necessário adaptação à nova realidade. Mas, nada impede que possamos nos reunir em torno da memória e do que há por trás dessa festa tão extraordinária”, enfatiza. O vídeo de abertura, nesta sexta-feira, terá como tema ‘Origem: A lenda de Catirina e a preparação da festa’, mostrando os preparativos da festa.

Os sotaques de zabumba e costa de mão serão tema do segundo vídeo, que vai destacar ainda a festa Encontro de Gigantes e o Festival de Zabumba. No terceiro capítulo, os sotaques da baixada e matraca têm destaque, lembrando também festas que atraem multidões como o Encontro de Bois da Baixada, realizado no município de Matinha; e as tradicionais festas de São Pedro e São Marçal.

O sotaque de orquestra vai ser tratado no quarto vídeo, mostrando a beleza das brincadeiras do Munim e Ilha, além dos eventos parafolclóricos ou alternativos e o Encontro de Miolos. As danças populares (lelê, lili, côco, pela porco, caroço, cacuriá, baile de caixa e tambor de crioula) são a atração do quinto vídeo da websérie. 

O público vai conhecer mais sobre as danças tradicionais e terão uma vasta informação de como são preparadas as quadrilhas juninas (sanfonada e estilizada), no sexto vídeo da série. A exibição mostra ainda as danças cigana, portuguesa e boiadeiro ou country. A websérie encerra com vídeo tratando da economia da Cultura, abordando fatos do arraial do Maranhão como a maior festa popular do Estado e mostrando a relação arte e economia cultural em ‘A vida que imita a arte (da Cultura)’.

A programação conta ainda com exposição intitulada Olhar Junino, composta de fotos, vídeos e depoimentos sobre o São João. A mostra vai contar com participação do público pelo link #OlharJunino2020. Ainda, lançamento de uma playlist na plataforma Spotify, com as músicas juninas do Maranhão. A Secma fará consulta ao público, nas redes sociais da instituição, para sugestão das músicas que vão compor a playlist. 

A agenda do São João pode ser conferida ainda nas redes da Secma no instagram: @cultura.maranhao; twitter: @secma_cultura; e youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgsSRyIDlVRmqO-3qWnfjtw.

Contatos

contatos

98 3227-9561
98 3235-2480
98 3235-8087
98 3268-2867

Links Úteis
Localização

localização